segunda-feira, 6 de julho de 2009

PSD - Soares Marques marcou presença!

Chegou-me aos ouvidos que hoje (Dia 5) seria a apresentação dos candidatos às autárquicas pelo PSD.


Como indivíduo que gosta de estar bem informado lá me desloquei a Mangualde para ver e ouvir o que havia para dizer.

Bom, não houve dificuldade em estacionar pois havia lugares ali pertinho da Biblioteca Municipal.

Tive receio de levar comigo os garotos por causa dos apertos, mas afinal não havia de me ter preocupado. O espaço era de sobra. Nada de encontrões, nem empurrões…havia espaço para os miúdos brincarem ali mesmo na relva.


Lá me coloquei atrás das barreiras de protecção e esperei. Esperei um bom bocado….mas pronto...era por uma boa causa e o tempo estava ameno: nem muito calor, nem frio. Pensei para comigo:-“ Realmente “Tasse”!


Bem, entretanto alguém anuncia que se vai seguir a actuação do Racho Folclórico de Corvaceira: foi bonito. Alguns aplausos.

Pessoas de copos de plástico com cerveja aguardavam já os petiscos e o bailarico que viria no fim e que foi coisa divertida de se ver.


Ah…mas adiantei-me nos acontecimentos. Antes disso foi a vez de se fazer a apresentação dos candidatos às Juntas de freguesia, depois à Assembleia Municipal e, finalmente, à Câmara. Bem…e aqui, confesso, quase chorei. As lágrimas ainda me vieram aos olhos. Mas como um homem não chora, lá me contive.
O povo deve ter ficado algo letárgico pois apenas alguns dos presentes aplaudiram…e pouco efusivamente, diga-se! Soares Marques merecia mais aplausos, música…trompas e saltérios…mas pronto a culpa é da crise.



Mas, contrariamente ao que alguns rosadinhos alegam“que Soares Marques falta às reuniões, que Soares Marques se ausentou para parte incerta, ou não esteve neste ou naquele evento,
...“ – Eis que…deleite para meus olhos: Soares Marques estava lá! Juro! Eu Vi! Olhei várias vezes, não fosse efeito do sol…mas não era: Soares Marques estava lá, ia subir ao palco!...
Estava e permaneceu, chegou saudando o povo, abrindo os braços como que a agradecer aos Céus ter chegado a tempo, e fazendo vénias (aqui fez-me lembrar os jogadores de “Sumo” que fazem uma vénia antes de se enrolarem um no outro!)
Foi uma emoção...eu senti um arrepio na espinha, o copo de plástico com cerveja...mal o pude segurar...as lágrimas quase romperam...



Fiquei feliz. O povo também. Os artistas também. Os candidatos nem se fala…havia Felicidade no ar! A melodia…o aconchego dos estômagos…os copos de sumo, de cerveja, tudo transbordava de Felicidade.


Isto sim, é convívio! Não um comício mas sim um convívio popular. Via-se nos olhos brilhantes e nos sorrisos rasgados dos presentes a enorme satisfação de um pedaço de Domingo bem passado.



Aqui foi quando tive de ligar à minha mulher para me vir buscar porque eu estava FeLIZ DEMAIS para poder conduzir! Senão …danava-se tudo!

7 comentários:

notoj@l disse...

Peço desculpa, mas achei o seu post uma delicia tão grande que tomei a liberdade de o copiar para o meu tojal.

Anónimo disse...

Por acaso tb estive lá, e não concordo consigo. Foi uma verdadeira manifestação popular. Pelos menos as pessoas presentes eram de Mangualde. talvez perto de 1000!!!
As do seu candidato vieram ás resmas de Viseu e de outras terras do Distrito. Emocione-se...Só lhe fica bem!

Anónimo disse...

O anónimo deve ter razão quanto ao número de pessoas...é que eu não contei com os bêbados...e claro...eles tb votam, não é verdade?
mas olhe...eu não tenho candidato, sabe? desiluda-se...só lhe fica bem!

Anónimo disse...

É engraçado mas sem graça comparar o que não se pode comparar:

1- não havia porco no espeto
2-não havia ranchos
3-não havia bebados
3-não havia logistico de quem detêm o poder
Etc

MAS HAVIA MAIS GENTE LÀ ISSO HAVIA.
ILUDA-SE NOVAMENTE

Anónimo disse...

o desespero é lixado, não é?

Anónimo disse...

Não sei se contaram as formigas, e os bichos rastejantes.
Eu contei para aí 7000 moscas e pela quantidade de tipos a mijar a quantidade de cerveja foi grande
Quanto a pessoas no minimo 20000

Anónimo disse...

Pois acontece que Soares Marques tem um problemazito com a residência. Coisa de terrenos... é sempre complicado.