sábado, 8 de janeiro de 2011

Ah, pois!


O governador do Banco de Portugal afirma que...

"Pensar que a solução vem do exterior" é "um erro"

...e eu concordo com ele.
temos de nos saber gerir contendo as despesas e aplicando ce forma estratégicamente pensada.
O que não podemos é deixar que a nossa credibilidade seja "beliscada"...a custo de perdermos toda e qualquer possibilidade de investimento estrangeiro.

Carlos Costa
sustentou que "a crise da dívida soberana afecta a capacidade de financiamento dos bancos",e realçou a importância da "consolidação orçamental para repor a confiança dos mercados no país".

1 comentário:

Fresco_e_Fofo disse...

"Credibilidade beliscada"... essa é boa. Por isso é que tanta gente está empenhada em fazer desaparecer alguma (pouca) credibilidade que ainda possa existir. É que só se consegue "beliscar" o que existe, não é?... loooooool