terça-feira, 16 de agosto de 2011

...e não há férias!

(foto sacada da net)
Pois não. Não tiro férias. Não posso, pelo menos agora. Vou tirando dias ao longo do ano, conforme o movimento da clínica me vai permitindo. E continuo a fazer noites de "banco".
Mas a idade não perdoa e sinto-me já cansado.
Outrora fazia-o com facilidade, tinha genica e podia andar a semana toda sem me sentir prostrado.
Agora o caso é outro e sei que o corpo já não quer sujeitar-se a este tipo de vida. Porém, não havendo "remédio", não há outra coisa a fazer senão insistir...

9 comentários:

L.O.L. disse...

A PDI é lixada. Também já sinto o peso da minha idade. E é justamente nesta fase da minha vida que parece que tenho menos direito a descanso. :(

L.O.L. disse...

Vim espreitar a foto. eheheheheheheh. No meu primeiro comment ainda não estava visível. :)

danadinho disse...

Pois não...conseguiste apressar-te e ser mais rápido que eu. LOL

Tuquinha disse...

Desse mal sofre muita gente hehehe....
Bonita foto
Cumprimentos e Boa semana

Marta disse...

Pois a idade não perdoa mas ainda assim há que manter o pensamento jovem ;)

S* disse...

Uma questão de hábito... será? Falo por mim, tão novinha e tão preguiçosa.

Fresco e Fofo disse...

Elas não matam mas moem. Felizmente que as mudanças vão sendo graduais e vamo-nos habituando...

Anónimo disse...

Ai ! Ai! a idade....!Realmente desse mal muitos se queixam...mas o mais importante é ter-se saúde razoável até ao dia da partida... não há dúvida que a questão da perda de energias é uma grande chatice, porque já não conseguimos fazer coisas imprescindíveis e temos que recorrer à ajuda de outros !!De qualquer modo ainda tenho muito que agradecer ao Criador por fazer o que faço...sobretudo em benefício de seres mais necessitados.Não podemos, nem devemos esmorecer.

danadinho disse...

O anónimo disse e disse muito bem: não podemos esmorecer. Até porque enquanto "cá" andamos, se temos algo de positivo a fazer, é nossa obrigação moral fazê-lo, nem que seja preciso algum sacrifício.