domingo, 7 de agosto de 2011

...e foi pouco!!! Devia ter sido preso!!!

Um sujeito amarra o seu cão de estimação ao reboque do automóvel. Na "pressa esquece-se dele" e arrasta o animal por mais de 400m...

Não, não é aquela cena do filme "Férias alucinantes", ou coisa parecida...aconteceu mesmo, em Botucatu, a 238 km de São Paulo, Brasil. O condutor do automóvel explicou às autoridades que era o dono do cão e que, por esquecimento, na pressa de arrancar com o carro, se esqueceu que tinha amarrado o animal à traseira do veículo.
O cão ficou ferido nas quatro patas e foi levado pela guarda municipal brasileira para um hospital veterinário, para receber assistência imediata. Entretanto, o dono foi levado para a esquadra para ser registada contra ele uma ocorrência por abusos contra o animal.

Quanto a mim o sujeitinho devia era ficar preso ...
Estas coisas...irritam-me sobremaneira!

5 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Que horror, coitado do animal! :s

Corina de Oliveira disse...

Pobre do animal :s sabes... era fazer o mesmo ao dono a ver se gostava!

Só à porrada esse pessoal, fogo.

Marta disse...

Realmente, que besta!
Coitado do cão :(

Anónimo disse...

É uma lástima!! A gente vê notícias e sabe de casos de horror!!Tanta é a maldade que encerra a mente humana, que quem tem sensibilidade e sabe bem o que é a inteligência e afectos dos animais mais próximos de nós fica completamente desiludido!!!!!!! Eu até chego a ter vergonha de pertencer à nossa espécie...por isto e muitas outras coisas....

Estudante disse...

Que tristeza... pobre bichinho!