segunda-feira, 19 de março de 2012

De condenar!

Os meus filhos são todos rapazes.
Mas isso não implica que este problema não me repugne até porque, também os homens, são frequentemente vítimas silenciosas (como as demais).

8 comentários:

Pérola disse...

Como assim? Filhos rapazes problema? Filhos sáo preciosos demais para repugnar, ou não entendi bem?

danadinho disse...

Ahhh...percebeu mal: teria de ver o link!

Vera, a Loira disse...

Cada vez mais frequente, infelizmente. Em ambos os sexos.

Rafeiro Perfumado disse...

Trabalho apenas com mulheres, mas juro que me porto lindamente!

maceta disse...

Grato pela sua visita.

Os tempos estão propícios para os abusos...

maceta

. intemporal . disse...

.

.

. junto.me ao Seu repúdio . por todos os motivos .

.

. [.tinha ficado com a ideia de que estava a seguir o meu blogue, talvez seja apenas e só impressão minha.] .

.

. um abraço . nada danado . :) .

.

.

Graça Pereira disse...

Tenho um só filho e é rapaz...fiquei contente, pensei que só "elas" é que davam cuidados...enganei-me!!
Danada de...vida!
Um abraço
Graça

Patrícia disse...

Eu ainda não tenho filhos, mas posso dar o exemplo da minha mãe que diz que vai comigo a todas as entrevistas de emprego porque tem medo que esse problema me afecte. Sinceramente não sou do tipo de pessoa de ficar calada quando vejo alguma coisa de errado, mas é sempre difícil lidar com esse tipo de situação.

Beijinhos e bom fim de semana,
Patrícia